Minha jornada em prosa e poesia

Olá escuridão, minha velha amiga
Eu vim para conversar com você novamente...
(Sound of silence-Simon & Garfunkel)







quarta-feira, 5 de maio de 2010

Hoje,agora e mais tarde-por Patricia Rodrigues

(Em 19/04/2010)




Preâmbulo da rotina de mais uma semana caótica,atarefada e,certamente exaustiva.De certa forma,aprendi a amar meus caus pessoal e desejar estar inserida nele todos os dias pelo prazer de não ter tempo para meus problemas e sentimentos.O "estar ocupada" implica não ter tempo para amigos,garotos e questões fúteis(ou nem tanto) e isso me faz bem.Não há futuro,nem passado.Apenas o agora ,o momento.Aprendi a amar minha indolência temporaria.Vejo todos os que passam por mim e não deixam marcas,não me atraem com suas prioridades sórdidas,preocupadas demais em se esconder do mundo nas suas musicas implicantemente irritantes,seus trejeitos e bordões estupidos.Ainda assim,queria eu poder dar a mim o benefício de perder meu tempo.Ah,bom seria se minha mente se permitisse ao menos o descanço diurno,cálido e repentino.
QUEM SE IMPORTA?
São apenas noções psicológicas,ilusões de uma mente suficientemente doentia para acreditar que toda dor tem um fim, que o tempo cura todas as aberturas sôfregas da alma.São apenas momentos se vão...

Um comentário:

Os Devaneios do Caminhante Solitário... disse...

Parece mesmo que o mundo é preto e branco. Todos vivem sua vida iludidos, vivem uma vida fútil, e no final das contas, nós somos os loucos.
Andei observando, além de conteúdo, sua escrita é realmente boa.

Veja Também