Minha jornada em prosa e poesia

Olá escuridão, minha velha amiga
Eu vim para conversar com você novamente...
(Sound of silence-Simon & Garfunkel)







quarta-feira, 15 de setembro de 2010


De fato,eu vejo que as pessoas perdem tanto tempo tentando explicar pro mundo "quem são" e "por que são".Como se elas mesmas tivessem uma espécie de "autoelevação" ao se descreverem.
Tem gente que é "seguro","autoconfiante" e mimimi.Que encara qualquer um,que não muda por nada.Tem gente instável,que prefere se calar...Tem gente que pensa grande,tem gente que só quer ser "feliz".Mas afinal,quem eu sou importa pra alguem?
Sinceramente falando?

Eu busco entender quem eu sou,não para deixar isso claro pra meia dúzia de pessoas,mas para me conhecer.Para ter uma certeza que só eu preciso.Na verdade,mesmo se eu disser que eu sou
"N" coisa,vai de quem vê julgar-me...

(Não é assim que as coisas funcionam?)

É,assim mesmo.
Não importa o que você diga ser(ou até seja),mas as pessoas sempre terão um juízo seu(bom ou mal).
Então,meu conselho a você caro leitor(tem alguem lendo isso mesmo ou será ilusão da minha cabeça?) é esse:
Busque descobrir-se(ou não) quem és.Mas não pra satisfazer pessoas,mas para você se sentir bem...
Tem gente que acha por bem apenas viver cada dia de um modo diferente.
E,se você descobrir quem és,seja de propósito(frase de um filme)...
E,se por acaso alguem te dizer que você esta mudando seu jeito de ser,não se importe.
ÉS SER HUMANO,UM ETERNO "VIR A SER".
...Faça aquilo que te faz bem e apenas isso.


Por agora,sou apenas uma garota cansada que quer ir pra casa(e é isso que farei)







Patty Rodrigues

()

Um comentário:

minhas angústias escritas disse...

Bom, oi tudo bem?
Quanto tempo!
Mais ó, vejo sempre as tuas postagens, e o quanto angustiantes é o q vc é e sente! Mais acho q isso é um mal do ser humano. E é como vc mesma disse. Nunca mude para agradar as pessoas, e sim mude para agradar a si mesma.

Boa sorte querida!
Beijos no coração.

Veja Também