Minha jornada em prosa e poesia

Olá escuridão, minha velha amiga
Eu vim para conversar com você novamente...
(Sound of silence-Simon & Garfunkel)







terça-feira, 2 de março de 2010

PEDAÇOS(SONETO)


pedaços soltos de uma alma
segredos desvinculados aparentemente sem razão
em um devasso quebra-cabeça
em uma rede de misterios

pedaços soltos de um ser vivente
orientado pela falsa moral
inundado por dividas cruelmente certas
contraditoriamente imerso em suas falsas mascaras

pedaços soltos de uma mente
voxiferando suas mais ardentes insanidades
tomado pelos desejos,paixões e demências

pedaços,fragmentos de uma vida
que em seu leito mortal,constrangido
é tomado por uma culpa letal.O fim é chegado

(em 28/02/2010 por patricia rodrigues)

2 comentários:

J Bar disse...

Fantastic artwork.
Sydney - City and Suburbs

Os Devaneios do Caminhante Solitário... disse...

E são esses pedaços que as vezes fazem falta, e as vezes são demais. Tens o dom da escrita.

Veja Também